QUA, 23 de Nov / 2005

ABB adquire empresa da Codelco

Aquisição da CMS Tecnologia pode elevar em 40% receita da empresa sueco-suíça na AL
A multinacional sueco-suíça ABB, que atua em tecnologia de energia e automação, adquiriu a empresa de manutenção industrial CMS Tecnologia, pertencente à mineradora chilena Corporación Nacional del Cobre de Chile (Codelco), por US$ 7 milhões. Segundo a ABB, a aquisição vai permitir um crescimento de 40% nas receitas do grupo na América do Sul e uma inserção maior nos mercados do Chile, Argentina, Colômbia e Venezuela. A ABB faturou US$ 650 milhões na América Latina no ano passado.

A CMS faturou US$ 35 milhões em 2004. De acordo com o gerente geral da área de serviços da ABB para a América do Sul, Wilson Monteiro, a empresa pretende dobrar a receita da CMS em dois ou três anos. A CMS, que possui 1,3 mil empregados e havia sido criada pela Codelco para cuidar da área de manutenção industrial de suas minas, detém dez contratos em sete minas de cobre da Codelco no Chile: Radomiro, Tomic, Chuquicamata, El Abra, Teniente, Sewell, Andina e Disputada.

Segundo Monteiro, a ABB percebeu que o mercado de mineração começa a se preocupar com a gestão de ativos, graças a transposição do controle desse tipo de atividade da alçada pública para a privada. 'Faz sentido se fortalecer na área da mineração.'

Atualmente 80% do faturamento da CMS vem de contratos com a Codelco, e os demais 20% com outras mineradoras no Chile. Entretanto, o executivo informou que a empresa pretende conquistar novos contratos com outras mineradoras, com outros segmentos da indústria e com a própria Codelco. 'Queremos abrir o leque para outras indústrias', afirmou, destacando o interesse nos segmentos de papel e celulose, química e petroquímica.

De acordo com Monteiro, a ABB pretende conquistar negócios para a CMS no Brasil a partir do início de 2006, sobretudo entre as mineradoras instaladas no País. 'Poderemos usar o 'know-how' que temos agora no Chile em outros países', disse Monteiro. A ABB já presta consultoria em serviços de manutenção para a Companhia Vale do Rio Doce (CVRD).

De acordo com o executivo, a ABB Brasil deverá dar apoio a implementação de um novo modelo de gestão na CMS. 'A ABB Brasil, junto com a ABB Finlândia, são as duas principais bases de serviços de gestão de ativos do grupo', disse Monteiro. 'Manutenção não é só recursos humanos. Vamos eliminar a manutenção corretiva e introduzir a manutenção preditiva', disse Monteiro, que também destacou os mercados argentinos e colombianos como prósperos para negócios para a CMS. 'A Venezuela, país com grande potencial, vive um momento complicado', disse Monteiro.

A CMS passou a ser administrada a partir do dia 3 de novembro pela ABB. Pelo contrato, a Codelco permanecerá com 30% da companhia. A mineradora colocou a empresa à venda depois de decidir concentrar os seus negócios em mineração, o 'core business' da estatal, em plano estratégico elaborado em 2002. A Codelco também vendeu sua unidade de geração de energia térmica para a concessionária italiana Enel, que mantém uma joint venture na área de energia geotérmica com companhia estatal de energia do Chile. Maior mineradora de cobre do mundo, a Codelco fatura cerca de US$ 3,8 bilhões anuais e pretende duplicar a sua capacidade de produção até o ano de 2010. A companhia detém reservas de mais de 120 milhões de toneladas de cobre, localizadas nas regiões central e norte do Chile, o que lhe garante mais 60 anos de atividades de mineração do metal.

A ABB disputou a compra da CMS com seis outras companhias interessadas, em um processo que durou seis meses. De acordo com o executivo, a soma das tecnologias de manutenção mecânica e elétrica das duas empresas culminará na criação de um Centro de Excelência em Manutenção para mineração no Chile. Com sede em Zurique, na Suiça, a ABB obteve um faturamento de US$ 20,72 bilhões em 2004. (Gustavo Viana)

Fonte: Gazeta Mercantil

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

Folha Metalúrgica - Porto Alegre

Folha Metalúrgica - Porto Alegre - Edição Nº 336
30 de Oct / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700