QUA, 12 de jul / 2017

CNM/CUT repudia condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Em nota oficial, metalúrgicos reafirmam solidariedade ao maior líder popular brasileiro. #LulaInocente

A Confederação Nacional dos Metalúrgicos repudia a condenação do ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva. Uma decisão política, sem provas, baseada única e exclusivamente em convicções do juiz Sergio Moro. Este novo ataque ao companheiro Lula acontece um dia após os direitos da classe trabalhadora serem enterrados pelo Senado Federal. Uma verdadeira cortina de fumaça na tentativa de esconder os efeitos das novas relações de trabalho proposta pelo golpista Michel Temer.

Ao contrário das medidas impopulares do governo ilegítimo, que retira direitos sociais e trabalhistas, amplia o tempo para as pessoas se aposentarem, corta gastos essenciais em Saúde e Educação e, vende empresas estatais a preço de banana, Lula fez importantes transformações sociais e trabalhistas em oito anos. O ex-metalúrgico é a principal referência mundial no combate à fome e à desigualdade social. A Era Lula gerou 22 milhões de empregos, o crescimento da renda dos mais pobres foi três vezes maior do que a dos mais ricos, mais de 36 milhões de brasileiros saíram da extrema pobreza. Tudo graças a iniciativas como a valorização do salário mínimo, aos programas sociais como o Bolsa Família e à democratização do acesso ao crédito, à moradia, à saúde e à educação, além de investimentos em infraestrutura.

A perseguição midiática e jurídica a que ele vem sendo submetido nos últimos anos é a tentativa de impedir que a maior liderança popular do Brasil volte a governar para o povo. Não se contentaram em usurpar o mandato da presidenta Dilma Rousseff, eleita por 54 milhões de brasileiros. E os motivos são vários: impedir o fortalecimento das esquerdas no país e a ascensão econômica, política e cultural dos setores de baixa renda. E, infelizmente, a atual conjuntura política brasileira vive o auge de sua crise após a redemocratização. Isso porque vivemos em um verdadeiro estado de exceção e uma justiça partidária, que condena Lula sem provas, mas arquiva áudios e vídeos de políticos recebendo malas de dinheiro como propina. Parlamentares acusados de corrupção com tantas provas estão livres, como é o caso Aécio Neves (PSDB), Romero Jucá (PMDB) e o próprio Temer (PMDB).

O companheiro Lula é inocente! E estaremos sempre ao lado deste líder que faz da sua vida uma luta constante pelos interesses do povo brasileiro e de toda a classe trabalhadora. 

Mexeu com Lula, mexeu com a gente!

São Bernardo do Campo, 12 de julho de 2017.

Direção da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT

 

 

Vídeos

Vídeos TVT

Com a Palavra

TER, 04 de jul / 2017

Reforma trabalhista: outro caminho é urgente

Clemente Ganz Lúcio

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

O Metalúrgico - Taubaté

O Metalúrgico - Taubaté - Edição Nº 96
20 de jul / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700