QUI, 01 de fev / 2018

CUT e sindicatos preparam Carnaval de luta contra reforma da Previdência

Crédito: Dino Santos
Bloco Pinto do Visconde em 2017
Bloco Pinto do Visconde em 2017

Na maior festa popular do Brasil, sindicatos filiados à CUT aproveitarão os dias de folia para levar a pauta de reivindicações dos trabalhadores e trabalhadoras às ruas em vários cantos do país. Do samba ao frevo, o Carnaval de luta da classe trabalhadora terá como mote a defesa dos direitos sociais e trabalhistas e o protesto contra a reforma da Previdência do governo ilegítimo de Michel Temer (MDB), que pode ser votada no dia 19 de fevereiro.

Em São Paulo, o tradicional bloco "O Pinto do Visconde" desfilará pelas ruas do Brás na capital paulista nesta sexta-feira, dia 2 de fevereiro, e contará com participação de moradores, comerciantes e trabalhadores da região, onde fica a sede da CUT nacional. Em 2018, o bloco completa nove anos e alertará a população sobre mais um desmonte do governo ilegítimo, o fim da aposentadoria de milhões de brasileiros se a reforma da Previdência for aprovada.

"Esse momento de festividade é também uma oportunidade para ampliarmos nosso diálogo sobre a luta em defesa da aposentadoria e de nossos direitos", afirma Douglas Izzo, presidente da CUT-SP.

Mulheres cutucam em Recife
Na terra do frevo e do Maracatu, no próximo dia 9 fevereiro, sexta-feira, o bloco "Mulheres CUTucando", formado por dirigentes sindicais da CUT Pernambuco estará nas ruas do Recife para animar o Carnaval e alertar os foliões sobre a violência contra as mulheres e o desmonte da Previdência.

Para Liana Araújo, secretaria da Mulher Trabalhadora da CUT-PE, o momento de festa servirá também para denunciar as mazelas governo golpista. "Com ousadia, alegria e resistência, contra os retrocessos e a retirada de direitos do governo golpista de Temer e seus bajuladores políticos".

Bloco Siri na Lata
Em Aracaju, a CUT Sergipe abre o Carnaval, na quinta-feira (8), com o tema da reforma da Previdência. Os carnavalescos cutistas preparam bonecos, faixas e cartazes para denunciar os golpistas que rasgaram a Constituição e que desde o início do golpe de 2016 aprovam projetos contra o interesse dos trabalhadores.

"Se é para economizar, tinha que começar com a aposentadoria deles e não metendo a mão no dinheiro suado que o trabalhador investiu a vida inteira para ter direito de se aposentar com dignidade", afirma Rubens Marques, presidente da CUT-SE, sobre a reforma da Previdência.

Bloco da CUT Bahia com o Q Felicidade
Na mistura do axé baiano, a CUT Bahia levará às ruas o bloco da CUT que tem como tema a defesa dos direitos da classe trabalhadora, da democracia e vai ter protesto contra o governo ilegítimo e golpista de Temer que vem atacando direitos sociais e trabalhistas. Os sambas que estão sendo ensaiados vão mostrar a realidade do povo brasileiro e as bandeiras de luta da CUT.

Para o presidente da CUT Bahia, Cedro Silva, é fundamental levar a bandeira CUT para conduzir uma festa de lutas populares. "Para nós, o Carnaval é a continuidade da luta em defesa dos direitos da classe trabalhadora e também do direito de Lula ser candidato".

A CUT Bahia prepara ainda camisas, cartazes, placas contra e marchinhas em defesa do ex-presidente. Na sexta-feira da folia (dia 9 de fevereiro), o bloco cutista estará junto com o Q Felicidade, no Campo Grande e na Mudança do Garcia, representando os interesses da classe trabalhadora e favor da democracia.​

Bloco das Centrais
Na capital do reggae e do bumba meu boi, a CUT Maranhão prepara marchinhas e panfletos para pular o Carnaval em defesa da Previdência Social na Praça João Lisboa na segunda-feira (5), no centro de São Luís, a partir das 15h30. "Ô brasieliro porque está tão triste, mas o que foi que te aconteceu, se reformarem nossa Previdência a gente se aposenta só depois que morrer", diz trecho da marchinha.

(Fonte: Walber Pinto, CUT Nacional)

Vídeos

Vídeos TVT

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

Folha Metalúrgica - Porto Alegre

Folha Metalúrgica - Porto Alegre - Edição Nº 336
30 de Oct / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700