TER, 15 de out / 2019

Dia dos (as) professores (as): Educação resiste à ofensiva conservadora

Por: Paulo Cayres

Hoje, 15 de outubro, é o dia que celebramos o dia dos professores e das professoras.  Este é o primeiro ano sob o governo Bolsonaro que ataca duramente a educação nacional com cortes do orçamento do Ministério da Educação, principalmente das universidades federais e da pesquisa e extensão, atrasando os avanços da ciência brasileira. 

Além dos cortes nas verbas, Bolsonaro também sugeriu reduzir investimentos públicos em cursos de ciências humanas, como sociologia e filosofia, extremamente importantes para o senso crítico e social. Mais uma tentativa de culpar a educação por conta da incompetência de gestão financeira de seu governo.

Outra medida retrógada foi o congelamento dos investimentos no serviço público de educação e saúde por 20 anos, instituído pela Emenda Constitucional 95, conhecida como a “PEC do fim do mundo”. Decretada em 2016, no governo de Michel Temer, a PEC é apoiada por Bolsonaro e terá continuidade em seu governo sem a possibilidade de ser revertida nos próximos anos.

A ofensiva conservadora contra a educação não para por aqui.  Constantemente, o presidente da República faz críticas infundadas em suas redes sociais contra professores (as), que segundo ele, tem “discurso esquerdista” e “doutrinação e esquerda”, apenas porque estes profissionais são contrários as medidas impopulares de seu governo.

O ataque chega até mesmo ao Paulo Freire, um dos educadores mais notáveis da história mundial.  Desde a campanha eleitoral, Bolsonaro se posiciona contra a influência nas escolas públicas do método de alfabetização desenvolvido por Freire. Inclusive, disse em entrevista que o atual patrono da educação brasileira “vai ser mudado” sem fundamento algum para tal medida.  

A educação é a o principal instrumento para a transformação social que nós brasileiros e brasileiras tanto precisamos e almejamos. Não foi à toa que meu voto para as eleições presidenciáveis de 2018 foi em um professor, que nos ensinou a ter coragem de lutar por um país de todos e de todas. Neste sentido, minha homenagem é aqueles e aquelas que lecionam em meio a tantos ataques, mas que resistem bravamente nesta arte de educar.

“Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas transformam o mundo”, Paulo Freire.

Paulo Cayres - Presidente CNM/CUT

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

Folha Metalúrgica - Porto Alegre

Folha Metalúrgica - Porto Alegre - Edição Nº 336
30 de out / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700