SEX, 15 de set / 2017

Dia Nacional de Luta tem protestos e panfletagens pelo país

Além de protestos em portas de fábrica, metalúrgicos da CUT de todo o país se unem a outras categorias para impedir roubo dos direitos trabalhistas.

Milhares de trabalhadores participaram nesta quinta-feira (14), do Dia Nacional de Luta, Protestos e Greves convocado pela CUT e outras cinco centrais sindicais. A agenda foi lançada pelo movimento Brasil Metalúrgico, com o objetivo de barrar a implantação da Reforma Trabalhista pelo empresariado e impedir a votação da Reforma da Previdência no Congresso Nacional. 

Na maioria das mobilizações começaram a ser colhidas assinaturas para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP) que pede a anulação da reforma trabalhista. O PLIP foi lançado pela CUT no Grito dos Excluídos (em 7 de setembro) e o objetivo é colher 1,3 milhões de assinaturas para que o projeto seja aceito e tramite no Congresso Nacional.

Em São Paulo, cerca de 1.500 pessoas fizeram um protesto em frente à Superintendência Regional do Trabalho. A concentração começou às 9h na Praça Ramos e os manifestantes seguiram em passeata até a Superintendência, onde fizeram um ato unificado de Sindicatos de Metalúrgicos ligados à CUT e às demais centrais.

No Rio Grande do Sul, foram feitos protestos e assembleias em fábricas de várias bases sindicais cutistas, entre elas a dos metalúrgicos de Canoas, São Leopoldo e Porto Alegre.

O mesmo aconteceu em Pernambuco, onde desde a madrugada houve protestos da categoria, inclusive com a interdição de rodovias. Em Minas Gerais, houve mobilizações em Belo Horizonte, Betim, Juiz de Fora e Itajubá, entre outras cidades.

Os metalúrgicos de Niterói (RJ) se uniram a outras categorias para um protesto em frente à sede da Petrobras, que também reivindicou a reativação dos empregos no setor naval. E os metalúrgicos do Espírito Santo aproveitaram a data para fazer a assembleia de lançamento de sua campanha salarial.

Em Fortaleza (CE), os metalúrgicos se somaram às entidades de outras categorias e movimentos sociais e realizaram uma tribuna livre e panfletagem sobre campanha para anulação da Reforma Trabalhista. 

No restante do país, atividades como audiências públicas, atos e panfletagens foram feitas, tendo a CUT e seus sindicatos à frente.

Confira abaixo algumas imagens das ações dos metalúrgicos:

SÃO PAULO

Crédito: Divulgação
São Paulo: passeata até a Superintendência do Trabalho...
São Paulo: passeata até a Superintendência do Trabalho...
... onde houve manifestação contra a Reforma Trabalhista
... onde houve manifestação contra a Reforma Trabalhista

MINAS GERAIS

 

Crédito: Divulgação
Contagem
Contagem (MG): ato em frente à GE

Crédito: Divulgação
Juiz de Fora (MG): protesto na ArcelorMittal
Juiz de Fora (MG): protesto na ArcelorMittal

Crédito: Divulgação
No Sul de MG, protesto foi em Itajubá
No Sul de MG, protesto foi em Itajubá

ESPÍRITO SANTO

 

Crédito: Divulgação
Espírito Santo: assembleia aprovou início da campanha salarial
Espírito Santo: assembleia aprovou início da campanha salarial

RIO DE JANEIRO

 

Crédito: Divulgação
No Rio de Janeiro, protesto foi na sede da Petrobras
No Rio de Janeiro, protesto foi na sede da Petrobras

Crédito: Divulgação
RJ: bandeira da CNM e faixa dos metalúrgicos de Niterói
RJ: bandeira da CNM e faixa dos metalúrgicos de Niterói 

PERNAMBUCO

 

Crédito: Divulgação
Pernambuco: faixas nas fábricas avisam o motivo do protesto
Pernambuco: faixas nas fábricas avisam o motivo do protesto

Crédito: Divulgação
Pernambuco: assembleia esclarece danos da reforma trabalhista
Pernambuco: assembleia esclarece danos da reforma trabalhista

CEARÁ

 

Crédito: Divulgação
Fortaleza (CE): ato lançou campanha pela anulação da reforma trabalhista
Fortaleza (CE): ato lançou campanha pela anulação da reforma trabalhista

RIO GRANDE DO SUL

 

Crédito: Divulgação
Protesto em Alvorada, na base sindical de Porto Alegre (RS)
Protesto na Maxiforja em Canoas (RS)

Crédito: Divulgação
Porto Alegre (RS): assembleia na Hidrojet
Porto Alegre (RS): assembleia na Hidrojet

Crédito: Divulgação
São Leopoldo (RS): assembleia na Gedore
São Leopoldo (RS): assembleia na Gedore

(Fonte: CUT Nacional, com informações da CNM/CUT e sindicatos)

Com a Palavra

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

Folha Metalúrgica - Porto Alegre

Folha Metalúrgica - Porto Alegre - Edição Nº 336
30 de out / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700