SEX, 10 de ago / 2018

'Lula livre é palavra de ordem mundial', afirma presidente da CUT

"O mundo sabe que o senhor é um preso político", disse a secretária-geral da Confederação Sindical Internacional (CSI), Sharan Burrow, em visita ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na tarde desta quinta-feira (9), em Curitiba. "Se os trabalhadores do mundo pudessem, votariam em Lula para presidente", acrescentou a dirigente, ao lado do presidente da CUT, Vagner Freitas. Segundo ela, Lula está "fisicamente e mentalmente forte" – e deixou claro que não abre mão de sua candidatura.

"A mensagem dele é muito clara. Ele quer que os trabalhadores do mundo saibam que está determinado a concorrer à Presidência da República", disse Sharan. "Lula livre é uma palavra de ordem mundial", afirmou Vagner, enfatizando a importância do apoio internacional.

De acordo com o presidente da CUT, Lula está bem de saúde e com disposição. "Ele é candidato e nós vamos elegê-lo presidente da República", afirmou, acrescentando outra mensagem do ex-presidente: "Fernando Haddad é o representante dele, fala em nome dele. É a voz de Lula enquanto ele estiver na cadeia". Ainda segundo Vagner, o petista considera absurdas as proibições sobre sua participação em debates e "continuará fazendo as petições judiciais" nesse sentido.

Libertado em maio depois de dois anos e cinco meses de prisão, Han Sang-gyun, ex-presidente da Confederação Coreana de Sindicatos, também foi hoje à Vigília Lula Livre, em Curitiba, manifestar apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde 7 de abril. O sindicalista foi preso por liderar protestos contra o governo sul-coreano. "Ele está solto e o presidente lá agora está preso. Vai acontecer aqui no Brasil", disse Vagner Freitas, referindo-se a Michel Temer. Com o megafone, Sang-gyun repetiu a expressão "Lula livre" em português.

O senador uruguaio Juan Castillo, da Frente Ampla, também foi à vigília. "Há um inocente preso neste cárcere", afirmou, falando da Superintendência da Polícia Federal no Paraná, onde Lula está preso. Ele foi secretário-geral do PIT-CNT, principal central sindical do Uruguai.

(Fonte: Rede Brasil Atual)

Com a Palavra

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

Folha Metalúrgica - Porto Alegre

Folha Metalúrgica - Porto Alegre - Edição Nº 336
30 de out / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700