QUA, 08 de ago / 2018

Mulheres do Macrossetor da Indústria participam de seminário de gênero da IndustriALL

Crédito: Divulgação
-
Marli (microfone) falou dos desafios das trabalhadoras no Brasil  

As mulheres representantes do Macrossetor da Indústria da CUT, que reúne os ramos vestuário, químico, alimentação, metalúrgico, eletricitários, construção civil e mobiliário, participaram do Seminário de gênero da IndustriALL Global Union. federação internacional dos trabalhadores na indústria. O encontro, que aconteceu entre os dias 06 e 8 de agosto, foi realizado em Buenos Aires, na Argentina, com mulheres da América Latina e Caribe.  

O projeto tem o financiamento e apoio dos sindicatos suecos, parceiros históricos da Confederação. 

De acordo com a secretária de Mulheres da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT), Marli Melo, que está participando da atividade, o objetivo do seminário é criar espaço para que as mulheres sindicalistas possam fomentar a política de gênero nos sindicatos dos seus países. “Durante a reunião podemos conhecer as realidades de diversas companheiras pela América Latina. Os desafios são os mesmos, mas em alguns espaços as dificuldades são maiores por conta da sociedade e o machismo que elas vivenciam”, contou Marli. “Um dos desafios é colocar em prática o plano de ação sobre gênero e implementação da cota de 40% nas direções das entidades sindicais até o congresso da IndustriALL, que acontece em 2020”, completou.

Crédito: Divulgação
-
Trabalhadoras trocaram experiências e perspectivas para novo modelo de trabalho com a indústria 4.0

Além disso, Marli lembrou das mudanças que as trabalhadoras brasileiras passaram após o impeachment da presidenta Dilma Rousseff. “No Brasil, por exemplo, as mulheres foram as que mais sofreram e sofrem com o desemprego e subemprego. Estamos vivendo retrocessos sociais que empoderaram as brasileiras, como projetos de financiamento em educação, moradia e até renda básica”, contou.

Além disso, as trabalhadoras também debateram o impacto que a Indústria 4.0 (quarta revolução industrial) tem na vida das mulheres. “A realidade desta nova indústria precisa ser discutida localmente porque os países da América Latina ainda não estão preparados para este novo modelo. É preciso construir a nossa perspectiva para esta nova forma de trabalho”, disse.

Também participaram do encontro Lu Varjão, presidenta da Confederação Nacional do Ramo Químico (CNQ) e Cida Trajano, presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Vestiário – CNTV.

(Fonte: Assessoria de Imprensa da CNM/CUT)

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

Folha Metalúrgica - Porto Alegre

Folha Metalúrgica - Porto Alegre - Edição Nº 336
30 de out / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700