SEG, 23 de jul / 2018

Plenária dos Metalúrgicos da CUT-RS avalia campanha salarial e mobiliza para o dia do Basta

Metalúrgicos de todo o Rio Grande do Sul se reuniram no auditório do Sindicato dos Metalúrgicos de São Leopoldo e Região na manhã desta quinta feira (19), na plenária de avaliação da campanha salarial da Federação dos Metalúrgicos do RS (FTM-RS). O Presidente da FTM-RS, Lírio Segalla coordenou a plenária que teve relatos das mesas de negociação da metalurgia, máquinas agrícolas e reparação de veículos.

O coordenador da mesa de máquinas agrícolas, João Roque, metalúrgico de Santa Rosa, explicou a proposta que inclui abono nos primeiros meses e, após o reajuste. "Resistimos bravamente aos ataques da patronal, pois eles queriam tirar todos os nossos direitos. A maior conquista foi garantir que não tirassem nada da nossa Convenção Coletiva de Trabalho", avaliou.

A assessora jurídica da FTM, Lídia Woida, falou sobre o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que garante a contribuição sindical deliberada em assembleia. "Mesmo com o termo, a patronal da metalurgia exigiu um aval do Tribunal Regional do Trabalho. Fizemos uma reunião de mediação e lá foi criado um impasse com o representante do Ministério Público", contou. Após, foi definido fazer uma circular em conjunto com a patronal, que recuou. "Por isso, às entidades ainda não receberam o documento".

Dirigente da entidade, Milton Viário apresentou os números da metalurgia, composto por um índice de reajuste de 2,30% a partir de julho. Em maio e junho, os trabalhadores receberão um abono equivalente a mais de 3 dias de trabalho. "Somando tudo, os 13 salários ficarão com acréscimo de 2,85%", explicou. De acordo com ele, nas máquinas agrícolas fechou ainda mais substancial, com um aumento de 3,23% nos salários até R$ 1.666,00, acima disso, o índice é 2,93%.

O pior cenário apresentado foi da mesa de reparação de veículos, conforme manifestou o metalúrgico Gilberto Saraiva. "Também houve a tentativa de acabar com as homologação de rescisão nos sindicatos." Gilberto contou ainda que já há reuniões marcadas nos próximos dias.

Ainda sobre a reparação de veículos, o assessor jurídico, Lauro Magnago salientou que por ser uma categoria com alto índice de insalubridade, o benefício é sobre o piso da categoria. "A insalubridade está garantida, o problema se dá por causa da rotatividade. Os novos contratos estão sendo feitos pelo salário mínimo e não o piso", relatou.

Dia do Basta
Antes da plenária, o secretário geral da CUT-RS, Amarildo Cenci, destacou a mobilização para 10 de agosto, Dia do Basta. "Essa data se organiza diante da retirada de direitos trabalhistas e sociais, entrega do patrimônio público e retrocessos promovidos pelo governo golpista de Michel Temer (MDB)."

Ele afirmou que será um dia para conversar e esclarecer as coisas para a os trabalhadores de todas as categorias. "E no dia 15 de agosto vamos para a Brasília, apoiar o registro da candidatura de Lula", finalizou.

Brasil de Fato - também foi dado destaque para a versão regional impressa do jornal Brasil de Fato, lançada na noite desta terça-feira (17), com um ato político-cultura que lotou o Memorial Luiz Carlos Prestes, em Porto Alegre.

A edição impressa gaúcha do jornal é a quinta do país, somando-se agora às edições regionais de Pernambuco, Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro. Em um primeiro momento, a edição do BF-RS será quinzenal, com 12 páginas e uma tiragem de 25 mil exemplares. A distribuição será gratuita e feita por militantes do Levante Popular da Juventude, do MST, do MPA e de sindicatos.

O primeiro número já começou a ser distribuído em estações do Trensurb e em terminais de ônibus no centro de Porto Alegre.

Posse - A plenária antecedeu a cerimônia de posse da nova direção de FTM-RS.

(Fonte: FTM-RS)

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

Folha Metalúrgica - Porto Alegre

Folha Metalúrgica - Porto Alegre - Edição Nº 336
30 de out / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700