QUA, 10 de abr / 2019

'Reforma' da Previdência é rejeitada por 51% da população, diz Datafolha

A reforma da Previdência proposta por Jair Bolsonaro é rejeitada por 51% dos brasileiros, mostra pesquisa Datafolha, publicada nesta quarta-feira (10). São favoráveis à proposta 41%, 2% se dizem indiferentes e 7% não souberam responder.

As mulheres são as maiores opositoras à reforma 56%. Atualmente, elas se aposentam ao 60 anos, com 15 anos mínimos de contribuição. A proposta de Bolsonaro aumenta a idade mínima para 62 anos para mulheres, além de pelo menos 20 anos de contribuição.

Já entre homens, 48% se dizem a favor e 45% contra, um empate técnico – dentro da margem de erro de dois pontos. Para conseguir a aposentadoria integral, os trabalhadores terão que contribuir por 40 anos.

A maior rejeição, de 63%, aparece entre funcionários públicos. E o maior apoio entre as pessoas de renda familiar acima de dez salários mínimos (R$ 9.998 em 2019): 50% apoiam a reforma e 47%, são contra.

Mudanças rejeitadas
Alguns pontos específicos da proposta de Bolsonaro são ainda mais rejeitados: a maioria é contra as idades mínimas. 65% das mulheres se dizem contra os 62 anos de idade para se aposentar, enquanto 53% dos homens se opõem a mudança para 65 anos.

Também há maioria contrária a contribuir 40 anos para a aposentadoria integral: 60% rejeitam.  mas 66% são favoráveis a cobrar alíquotas mais altas de servidores que ganham mais e 72% a limitar a aposentadoria do servidor pelo teto do INSS (limite que já existe desde 2013 para servidores federais e de estados e municípios com previdência complementar).

O Datafolha mostra que 68% dos brasileiros dizem ter conhecimento da proposta de reforma e só 17% se dizem bem informados. A oposição à reforma é maior entre os pouco informados: 62% são contrários às mudanças. Entretanto, também se opõem: 55% dos bem informados, 54% dos mais ou menos informados e 41% dos que não tomaram conhecimento.

(Fonte: Rede Brasil Atual)

Com a Palavra

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

Folha Metalúrgica - Porto Alegre

Folha Metalúrgica - Porto Alegre - Edição Nº 336
30 de out / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700