QUA, 16 de mar / 2011

Siemens planeja produzir equipamentos médicos em SC

A Siemens planeja iniciar a produção de equipamentos médicos na cidade de Joinville, em Santa Catarina. Segundo fontes próximas ao assunto, a multinacional está em negociações com o governo do Estado.

Hoje, a empresa tem, na cidade, uma unidade de distribuição de equipamentos para exames laboratoriais e de diagnóstico em imagem no Industrial Perini Business Park, que tem uma área de 1,8 mil metros quadrados.

Além desse centro de distribuição - que opera há dois anos - a subsidiária brasileira também tem uma fábrica em Mina s Gerias, que produz cerca de 750 equipamentos de Raio X por ano.

O governo do Estado confirma as conversações, mas enfatiza que nenhuma decisão foi tomada. Segundo o secretário adjunto da Secretaria da Fazenda, Almir Gorges, o Estado oferece vantagens fiscais para atrair as empresas, como a desoneração do Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) na construção, diferimento do ICMS na compra de matéria-prima dentro do Estado e a ampliação de prazos de recolhimento do imposto. Esse, na opinião de Gorges, não seriam os principais fatores de atração das companhias.

"As vantagens fiscais são as mesmas que se dá em qualquer Estado", disse o secretário adjunto. Na sua opinião, a situação geográfica de Santa Catarina, próxima aos parceiros do Mercos ul, e a infraestrutura, principalmente a portuária, são os fatores que apoiariam a atuação de empresas como a Siemens.

Nos últimos anos, os investimentos das multinacionais na área de saúde têm crescido no país. No ano passado, a americana General Electric (GE) inaugurou em Contagem (MG) sua primeira fábrica do segmento na América do Sul. Os investimentos previstos nessa unidade somam US$ 50 milhões e devem ser desembolsados ao longo de dez anos. Em 2011, a empresa vai focar na produção de equipamentos de diagnóstico por imagem, como Raio X, mamografia e tomografia.

A Phillips é outro importante ator deste mercado. A empresa investiu R$ 350 milhões nos últimos três anos em suas duas fábricas da área de saúde. Em Manaus, a empresa produz equipamentos para monitoramento de pacient es (além dos eletroeletrônicos), com uma capacidade de 6 mil peças por ano. Em Lagoa Santa (MG), a companhia produz equipamentos de diagnóstico por imagem.

A área de healthcare é um dos segmentos que mais cresce dentro das operações globais da Siemens, representando aproximadamente 20% do faturamento de € 76 bilhões no ano fiscal de 2010. Procurada, a empresa não se pronunciou sobre o assunto.

Fonte: Valor

Com a Palavra

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

Folha Metalúrgica - Porto Alegre

Folha Metalúrgica - Porto Alegre - Edição Nº 336
30 de out / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700