TER, 24 de jul / 2018

Sorocaba (SP): acordo de criação do terceiro turno na Kanjiko gera 182 empregos

Os metalúrgicos na Kanjiko, sistemista da Toyota, aprovaram na última quarta-feira (18), os termos do acordo de criação do terceiro turno na empresa, que vai gerar 182 novos empregos em Sorocaba. O novo turno passa a funcionar no mês de novembro deste ano e irá suprir as demandas da montadora para a produção do novo veículo, o Yaris.

Negociado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e o Comitê Sindical da Empresa (CSE), o acordo com a Kanjiko foi construído com critérios baseados na proposta aprovada na Toyota. “Durante toda a negociação, a participação do Sindicato foi focada na manutenção dos direitos trabalhistas e na criação de postos de trabalho com qualidade”, afirma o presidente do Sindicato, Leandro Soares.

De acordo com a gerente de recursos humanos da Kanjiko, Kátia Almeida, as contratações serão efetivadas gradualmente: 34 vagas serão preenchidas em agosto; 70 em setembro e 78 em outubro. O período de treinamento será de aproximadamente três meses.

Ela explica ainda que gestores já estão conversando com os atuais funcionários que tenham interesse de trabalhar no terceiro turno. “Estamos dando prioridade para trabalhadores com mais tempo de empresa e habilidade em mais processos”, afirmou.

Os interessados podem entregar o currículo na agência Oka RH, contratada pela Kanjiko para fazer a primeira seleção, ou mesmo na própria empresa, que fica na nova zona industrial, próxima à Toyota.

Campanha Salarial 2018
Durante a assembleia, o dirigente do Sindicato João Farani falou ainda sobre assuntos de interesse dos trabalhadores, como a Campanha Salarial 2018; negociação da segunda parcela do Programa de Participação nos Resultado (PPR), que será retomada em agosto; saúde e segurança no ambiente de trabalho, entre outros.

Sobre as negociações da Campanha, ele explicou que a primeira bancada patronal a receber a pauta de reivindicações dos metalúrgicos – que contêm reposição da inflação, aumento real e avanços nas cláusulas sociais – foi a do Grupo 3, no qual a Kanjiko responde. “Eles imediatamente apresentaram uma contraproposta, retirando direitos”, criticou.

E concluiu: “O G3 está há três anos sem ter acordo a nível de estado e, caso continue assim, a negociação será novamente entre o Sindicato e empresa. Vamos ter que demonstrar muita disposição para a luta e união para garantir avanços”.

A Kanjiko fabrica para-choque e suspensão de veículos e tem atualmente cerca de 500 trabalhadores.

(Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba)

 

 

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

Folha Metalúrgica - Porto Alegre

Folha Metalúrgica - Porto Alegre - Edição Nº 336
30 de out / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700