Gerdau

O Grupo Gerdau surgiu em 1901 com a Fábrica de Pregos Pontas de Paris, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Em 1948, o Grupo Gerdau entra no ramo siderúrgico e um ano antes já negociava ações na Bolsa de Valores de Porto Alegre .Nos anos 80, iniciou seu processo de internacionalização no Uruguai, com a Siderúrgica Laisa. No final dos anos 90, o Grupo passa a negociar suas ações na Bolsa de Nova York (NYSE). Atualmente, negocia também nas bolsas de Toronto e Tóquio.

Hoje, o Grupo ocupa a posição de 14.º produtor de aço do mundo. Possui 272 unidades industriais e comerciais, além de 5 joint ventures e duas empresas coligadas, fazendo com que esteja presente no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Uruguai, Venezuela, República Dominicana, EUA, Canadá, Espanha e Índia

Em 2007, a Gerdau obteve um faturamento de R$ 34,2 bilhões, um crescimento de 18,5% em relação ao ano anterior. O lucro líquido, por sua vez, manteve-se no mesmo nível, atingindo R$4,3 bilhões. A empresa  investiu US$6,3 bilhões em aquisições e na atualização tecnológica e ampliação das plantas industriais. Com isso, aumentou sua capacidade instalada em 24,8%, alcançando 24,8 milhões de toneladas por ano.

As unidades da América Latina, exceto Brasil, apresentaram elevação no faturamento de 43,4%, o qual atingiu R$3,6 bilhões. A expansão ocorreu, principalmente, pelo crescimento da demanda na região e pela incorporação de novas empresas em 2007.

Nos Estados Unidos e Canadá, o faturamento cresceu 10,4%, para R$11,4 bilhões. O crescimento está relacionado ao aumento da demanda e às aquisições realizadas durante o ano.

Na Espanha, houve um crescimento de 43,3%, chegando a R$3,1 bilhões, principalmente em razão da consolidação da GSB Acero pela Sidenor no final de 2006. A participação desse valor no faturamento do Grupo foi de 9,1%.


Brasil
As operações no Brasil, em 2007, geraram um faturamento bruto de R$16,1 milhões (+16,1%), o que corresponde a 47% da receita bruta total. Essa elevação, segundo o balanço anual da empresa, reflete a expansão da demanda por aço nos segmentos de construção civil, da indústria automobilística, de máquinas e implementos agrícolas e de bens de capital.

A Gerdau Açominas, maior usina siderúrgica do Grupo, teve, no ano de 2007 um aumento na capacidade produtiva de 50%, para 4,5 milhões de toneladas de aço líquido por ano.


Principais indicadores (2007)

» Receita líquida (R$ milhões): 30.164
» Lucro líquido (R$ milhões): 4.310
» Produção de aço (mil toneladas): 17.907
» Produção de laminados (mil toneladas): 15.160
» Número de funcionários: 36.925 trabalhadores no mundo
» Número de funcionários terceirizados: 13.687 no mundo
» Número de trainees e estagiários: 1.564 no mundo
» Número de trabalhadoras mulheres: 3.192 no mundo

Notícias

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

Vídeos

Vídeos TVT

Com a Palavra

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

Folha Metalúrgica - Porto Alegre

Folha Metalúrgica - Porto Alegre - Edição Nº 336
30 de out / 2017

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700