QUA, 25 de nov / 2020

25 de novembro: Campanha internacional pelo fim da violência contra as mulheres

Em uma data carregada de significado, o Conselho da Mulher de Campo Largo inicia atividades de conscientização em rádio e redes sociais

Crédito:
25 de novembro
25 de novembro

Hoje é o Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres. Atualmente 25 de novembro marca o início das mobilizações dos 16 Dias de Ativismos que acontecem em 159 países. No Brasil, essa agenda já começou em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, e vai até 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos).

Vale lembrar que o decreto do Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres aconteceu no 1° Encontro Feminista da América Latina e do Caribe (1981- Bogotá) e foi reconhecido pela ONU em 1999. A data é uma referência ao assassinato cruel das irmãs Mirabal pelo ditador Trujillo na República Dominicana, em 25 de novembro de 1960.

E a campanha de conscientização do combate à violência contra as mulheres foi iniciada em 1991, quando 23 feministas de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), nos EUA, deram início às mobilizações.

Trazendo para 2020, há mais um ingrediente nesse debate, o contexto da pandemia. Para se ter uma ideia, de acordo com o Ministério Público do Paraná (MPPR), o aumento de casos de feminicídio durante crise sanitária provocada pela covid19 foi de 17,5% (comparativo é entre março e abril deste ano e os mesmos meses do ano passado, passando de 40 para 47 casos).

E Campo Largo não está fora da rota da violência contra as mulheres, infelizmente. Em 2018, por exemplo, em média, dez mulheres sofreram algum tipo de violência por dia na cidade. O número foi fornecido pelo Conselho da Mulher de Campo Largo, que nos próximos dias irá divulgar vários textos e produções de conscientização, tanto no Facebook (AQUI) como no Instagram oficial do órgão.  

“É preciso mostrar a importância de se eliminar a Violência Contra a Mulher e avanças nas questões da igualdade de direitos entre todos. Nesses 16 dias de ativismo, contamos com a participação e a divulgação de todos”, explica Ávila Maria Garrett, atual presidente do Conselho.

Cronograma: próximas datas históricas da campanha

:: 1 de dezembro – Dia Mundial de Combate à AIDS.

:: 6 de dezembro – Dia de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

:: 10 de dezembro – Data do encerramento da campanha e Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Denuncie

A Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, vinculada ao Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, recebe as denúncias de violência contra a mulher. Basta discar gratuitamente para os telefones 180 ou 100; a denunciante também pode receber orientações sobre seus direitos e outros serviços próximos.

O Ligue 180 funciona 24 horas por dia, todos os dias. A Ouvidoria Nacional também pode ser acionada por mensagem eletrônica, enviada para: ligue180@mdh.gov.br.

O Sindimovec está na campanha dos 21 dias de conscientização contra o machismo. A entidade se sente representada e empoderada pelas dirigentes que atuam no Conselho da Mulher (Rosi Cunico e Franciele Castro) e pela companheira de luta diária na sede da entidade, Vivi Rocha.

*matéria publicada no site do Sindimovec

 

 

Com a Palavra

QUA, 27 de jan / 2021

Caso Ford e o descaso com a política industrial: saídas para a reconversão industrial

Por Allan Yukio Hayama, Engenheiro na Ford em Camaçari e dirigente do Sindicato dos Engenheiros na Bahia

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700