QUI, 04 de fev / 2021

Araçariguama: Trabalhadores da Metalex protestam por melhorias

Os metalúrgicos reivindicam equiparação nos salários e no PPR, redução de jornada e acerto no pagamento do adicional de insalubridade; protesto aconteceu nesta quarta, dia 3

Crédito: Smetal
Protestos por direitos em Araçariguama
Protestos por direitos em Araçariguama

Os trabalhadores da Metalex, fábrica de tarugos de alumínio em Araçariguama, realizaram um protesto de duas horas e meia, na manhã desta quarta-feira, dia 3, para pressionar a empresa a negociar melhorias no Programa de Participação nos Resultados (PPR) e redução da jornada de trabalho.

Além disso, os funcionários reivindicam ainda equiparação salarial e acertos no pagamento do adicional de insalubridade. Durante o protesto, foi aprovada a pauta que será encaminhada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) à fábrica e também o protocolo de comunicado de greve caso a empresa se recuse a negociar.

Segundo o vice-presidente do SMetal, Valdeci Henrique da Silva (Verdinho), responsável pelas negociações com a Metalex, há tempos os trabalhadores vêm reivindicando essas melhorias. “A empresa faz parte da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) desde 2010 e defendemos que os benefícios e direitos dos trabalhadores devem estar equiparados ou pelo menos próximos com os da empresa”, conta.

O protesto aconteceu na porta da fábrica, que fica no bairro Terra Baixa, em Araçariguama, das 6h às 8h30. A Metalex tem cerca de 150 trabalhadores, foi fundada em 2001 e, desde outubro de 2010, passou a fazer parte da CBA.

Adicional noturno

Em junho do ano passado, após ação movida pelo jurídico do SMetal, a Metalex foi condenada a pagar aos trabalhadores do terceiro turno o adicional noturno das 5h até o final da jornada. Na sentença, a Justiça do Trabalho determinou ainda o pagamento da diferença retroativa aos cinco anos do início da ação, a partir de fevereiro de 2013.

A sentença foi proferida em 1ª instância, no dia 30 de junho. A empresa entrou com recurso e o jurídico SMetal aguarda o julgamento no TRT de Campinas.

*Matéria publicada no site do Smetal

 

 

 

Com a Palavra

TER, 16 de fev / 2021

Por que é necessário nacionalizar a Ford e criar uma montadora brasileira?

Escrito pelo diretor executivo do Sindicato e presidente do Industriall-Brasil, Aroaldo Oliveira da Silva, e pelo presidente da Central de Cooperativas Unisol Brasil e diretor da Unicopas, Leonardo Pinho

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700