QUA, 04 de Aug / 2021

Banco de Alimentos de Sorocaba entrega alimentos na Ocupação Rosa Luxemburgo

Ação uniu o projeto “Nossa Feira é Livre” e a entrega de 566kg de alimentos de mercearia arrecadados durante o Mutirão de Solidariedade, realizado em parceria com o Instituto SOS Gente nas lojas Makro

Crédito: Mariana M. Maginador/Imprensa SMetal
Banco de Alimentos de Sorocaba entrega alimentos na Ocupação Rosa Luxemburgo
Banco de Alimentos de Sorocaba entrega alimentos na Ocupação Rosa Luxemburgo

O Banco de Alimentos de Sorocaba (BAS) realizou duas ações importantes de combate à fome, na manhã desta quarta-feira (4), na Ocupação Rosa Luxemburgo, em Sorocaba. Além de realizar mais uma edição do projeto “Nossa Feira é Livre”, também foram entregues 80 cestas básicas para famílias em vulnerabilidade social e alimentar que moram no local.

O Levante Popular da Juventude arrecadou 566kg de produtos durante o Mutirão da Solidariedade, no dia 31 de julho, em parceria com o Instituto SOS Gente. Os alimentos foram encaminhados ao BAS, que fez a separação das cestas por família.

Para Karina Bispo, dirigente do Levante Popular em Sorocaba, o Brasil sofre retrocessos desde 2016 e ainda mais agora com o governo Bolsonaro, situação essa que colocou o país de volta no Mapa da Fome.

“Para nós do Levante Popular da Juventude sempre foi uma certeza: temos que atuar no pilar da solidariedade, no nós por nós. E por isso que a gente acredita que iniciativas como a Mercearia Social e a Nossa Feira é Livre, realizadas pelo Banco de Alimentos, elas vão de encontro com a solidariedade de classe que a gente tanto prega na nossa organização. Entendendo que não basta entregar uma cesta, não basta estar lá fazendo uma ação paliativa, é necessário e urgente garantir dignidade, garantir emancipação social. E com essas duas iniciativas a gente vê que isso é possível. Que é o início de uma transformação. A gente acredita que uma revolução, uma mudança na estrutura do país ela só é possível com pequenas revoluções”, conclui.

Para Leandro Soares, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, a iniciativa é importante e reforça o compromisso de Sindicato Cidadão do SMetal. “Esse projeto do Banco de Alimentos, com apoio da Catalent, fortalece a agricultura familiar na região e traz melhores condições de vida e dignidade para as pessoas em vulnerabilidade”.

Nossa Feira é Livre

O BAS ainda realizou, na mesma ocupação, a segunda edição de 2021 do Projeto “Nossa Feira é Livre”. Foram entregues alimentos agroecológicos, produzidos por mulheres e famílias agricultoras do Assentamento Bela Vista, em Iperó. A ação é viabilizada pel a Catalent Pharma Solutions e cumpre com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda ONU 2030: fome zero e agricultura sustentável, assumido pela instituição.

O projeto tem duração de 90 dias e vai atender diversas comunidades. A primeira delas foi o Capoavinha, que fica na cidade de Votorantim e recebeu a doação de alfaces, espinafre, chicória, couve, mandioca, açafrão e bananas. No local, quase 60 famílias foram atendidas.

Para doar

Para manter o Projeto “Nossa Feira é Livre”, o BAS precisa da doação. Só com o dinheiro recebido é que conseguimos comprar os alimentos para encaminhar a quem precisa. Para isso, criamos uma campanha no portal Catarse, onde é possível doar mensalmente para o projeto. Acesse aqui.

Outra forma de doar para o Banco de Alimentos é via PIX 08741511000176 ou PayPay, é só clicar aqui.

Para doar alimentos, entre em contato pelo telefone (15) 97400-0206. O BAS fica na CEAGESP Sorocaba, na Rua Terêncio Costa Dias, 300 - Jardim Capitão.

Conheça o Banco de Alimentos

O Banco de Alimentos de Sorocaba é uma Organização Não Governamental (ONG) criada em dezembro de 2005 numa iniciativa do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), em parceria com a CEAGESP e a ETEC Rubens de Faria e Souza, com a finalidade diminuir o desperdício de alimentos e, ao mesmo tempo, ajudar no combate à fome em Sorocaba e região.

Desde o início de sua existência, o Banco de Alimentos doou mais de 6.500 toneladas de alimentos. Por meio de parcerias e campanhas com outras organizações, empresas privadas e entidades, o BAS arrecadou, em 2020, mais de 57 toneladas de alimentos não perecíveis e mais de 174 toneladas de produtos de hortifruti que foram destinados a 118 instituições, bairros e associações, atingindo mais de 25.700 pessoas.

Para que isso aconteça, o BAS faz a ponte entre doadores e entidades, além de promover e apoiar projetos pautados no desenvolvimento da economia local e na promoção da dignidade dos atendidos. Os projetos são o Cesta Verde, Nossa Feira é Livre, Semear Agrofloresta e o Armazém Sementeia.

*Matéria publicada no site do Smetal

 

 

Com a Palavra

TER, 16 de Feb / 2021

Por que é necessário nacionalizar a Ford e criar uma montadora brasileira?

Escrito pelo diretor executivo do Sindicato e presidente do Industriall-Brasil, Aroaldo Oliveira da Silva, e pelo presidente da Central de Cooperativas Unisol Brasil e diretor da Unicopas, Leonardo Pinho

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de Sep / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 [email protected]
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700