SEG, 14 de jun / 2021

Campanha Salarial 2021: trabalhadores em Sorocaba e Região aprovam pauta de reivindicações

Assembleia eletrônica teve 1.215 votos, sendo 1.186 favoráveis, 8 contrários e 21 abstenções; entrega da pauta aos representantes patronais está prevista para o dia 29 de junho, em reunião online

Crédito: Divulgação
Smetal: campanha salarial
Smetal: campanha salarial

A pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2021 foi aprovada pelos trabalhadores da base do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) com 1.186 votos favoráveis. Votação, que aconteceu à distância, teve ainda 8 manifestações contrárias e 21 abstenções de um total de 1215 votos.

O tema aprovado para este ano é “Campanha Salarial 2021 é + salário, + vacina, + emprego, + direitos, + unidade”. Além disso, os trabalhadores também concordaram com os eixos que servirão de parâmetro para as negociações da Federação Estadual dos Metalúrgicos (FEM/CUT-SP) e dos sindicatos filiados com a bancada patronal: preservação da saúde e da vida; garantia de emprego; aumento salarial que restabeleça o poder aquisitivo do trabalhador; valorização das normas coletivas de trabalho; política industrial com nacionalização de componentes, máquinas e equipamentos.

De acordo com Adilson Faustino (Carpinha), secretário de finanças da FEM/CUT-SP e dirigente do SMetal, a entrega da pauta aos representantes patronais está prevista para o dia 29 de junho, em reunião online. Ele também aponta que, nas negociações deste ano, as cláusulas econômicas – como reajuste dos salários e do piso da categoria – serão prioridade. “Na maioria das bancadas patronais, como o G2, G3, Fundição, Sindicel, Sindratar e Sindifupi, fechamos as cláusulas sociais com vigência de dois anos, até 2022”, explica.

Porém, segundo ele, nos demais grupos – G8.2, G8.3, G10 e Estamparia – a pauta será “cheia”. Ou seja, será negociada a renovação dos direitos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) e também o reajuste salarial.

O presidente da FEM/CUT, Luiz Carlos da Silva Dias, o Luizão, ressalta que, nesta campanha, os Metalúrgicos têm como objetivo cobrar os direitos retirados dos trabalhadores desde o golpe em 2016 e da implantação da reforma trabalhista. “Enquanto estamos sofrendo com os ataques e a pandemia o lado empresarial, com parte do Congresso e governo federal, continuam tentando tirar nossos direitos. Nesta Campanha Salarial é necessário que a gente aumente o tom”, afirma.

Prontos para luta

O presidente do SMetal, Leandro Soares, enfatiza que a votação da assembleia da Campanha Salarial foi bastante significativa. “Isso demonstra que a categoria está atenta ao cenário e tem confiança no Sindicato para cobrar seus direitos. Nós não mediremos esforços para lutar por melhores salários e mais direitos”.

Leandro destaca que a indústria segue um ritmo acelerado de produção e as atividades estão aquecidas. “O setor metalúrgico já mostra que está em recuperação e os trabalhadores estão nas fábricas produzindo, inclusive com locais precisando de hora extra. Por isso, é hora de cobrarmos mais. Vamos lutar pelas clausulas econômicas e sociais que valorizem os metalúrgicos”

Ele também aponta que, faltando três meses para o fechamento do índice total de perdas da categoria desde a última data-base, inflação já chega a 7,71%. “O trabalhador perdeu muito no último ano, fruto de um desgoverno que tratou a pandemia com pouco caso e não teve o menor controle da inflação. Vamos negociar não apenas repor a inflação, mas buscando aumento real, para devolver o poder de compra dos trabalhadores e, assim, aquecer a economia novamente”. 

*Matéria publicada no site do Smetal

 

Com a Palavra

TER, 16 de fev / 2021

Por que é necessário nacionalizar a Ford e criar uma montadora brasileira?

Escrito pelo diretor executivo do Sindicato e presidente do Industriall-Brasil, Aroaldo Oliveira da Silva, e pelo presidente da Central de Cooperativas Unisol Brasil e diretor da Unicopas, Leonardo Pinho

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700