SEX, 20 de nov / 2020

CNM/CUT lança Instagram neste dia 20 com campanha para tirar negros e negras da invisibilidade

No mês da Consciência Negra, entidade conta “#HistóriasNãoContadasCNM/CUT” e mostra como a invisibilidade histórica da população negra mantem subalternidade da escravidão

Crédito: Divulgação
Histórias não contadas
Histórias não contadas

Nesta sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra, a CNM/CUT lança a sua conta no Instagram e a Campanha Histórias não contadas. Com vídeos e cards, a campanha tem como objetivo tirar negros e negras da invisibilidade e contar quem são estas lideranças, que de alguma forma ajudaram a transformar a vida e o trabalho de milhares de pessoas. 

A CNM/CUT agora também está na rede social online de compartilhamento de fotos e vídeos entre seus usuários, que permite aplicar filtros digitais e compartilhá-los em uma variedade de serviços de redes sociais. E começa sua história contando histórias para um público mais jovem e que mais usa o Instagram. A Hashtag oficial será: #HistóriasNãoContadasCNM/CUT

“A comunicação da entidade precisa chegar nos jovens, que são maioria entre a categoria. A CNM/CUT vem se desafiando e planeja estar cada dia mais próximo da classe trabalhadora através das mídias digitais. O Instagram é a novidade da vez e não poderia ser lançado em um dia melhor. A luta do movimento negro é de todos e todas”, disse o presidente da CNM/CUT, Paulo Cayres, o Paulão.

O secretário de Comunicação da entidade, Heraldo Silva Ferreira, complementa: “Aqui na CNM/CUT vidas negras sempre importaram e agora mais do que isso. Os metalúrgicos e as metalúrgicas do nosso país vão poder conhecer melhor a nossa entidade, já que o Instagram é a rede social campeã em crescimento e nós não poderíamos estar de fora. E a campanha do mês da Consciência Negra foi fundamental para começarmos nossa jornada por lá”.

Você pode acompanhar as publicações da CNM/CUT pelo Instagram da entidade.

Campanha Histórias não Contadas

O vídeo “Histórias não Contadas”, que será lançado na campanha, na voz da Secretária de Igualdade Racial da CNM/CUT, Christiane Aparecida dos Santos, vai narrar a história da escravidão numa perspectiva diferente do que se aprende na escola e vai mostrar as heranças escravocratas de mais de 400 anos nas relações precárias de trabalho atuais.

Além disso, “até o final do mês de novembro, a CNM/CUT vai homenagens à personalidades negros e negras, intelectuais, escritores e escritoras, lideranças de projeção nacional e internacional que construíram e constroem marcos para o desenvolvimento da sociedade brasileira”, explicou Christiane.

Para ela, é muito importante esta campanha da CNM para valorizar os direitos e benefícios que temos hoje, porque tudo que a classe trabalhadora conquistou foi fruto de muita luta e a história não é contada justamente para não incentivar a luta por melhores condições de trabalho. Segundo ela, isso precisa mudar.

“Nós precisamos contar história de Dandara e de Palmares que lutaram pela nossa liberdade. Precisamos contar a história de Marielle Franco, que foi assassinada pela milícia por lutar por justiça social, e da morte de diversos sindicalistas, que morreram na luta por justiça social e direitos trabalhistas”.

“Trabalhadores e trabalhadoras não valorizam os sindicatos porque não sabem a história do movimento sindical na luta pelo 13º, fundo de garantia, entre outros. Tudo o que temos hoje foi fruto de muita luta e de muito sofrimento, de muita dor e de muitas mortes. A gente precisa relembrar estas histórias para continuarmos na luta por dias melhores, por um Estado democrático de direito de fato e por uma sociedade mais justa igualitária”, finaliza a dirigente.

Os materias da campanha serão publicados em todas as redes sociais da CNM/CUT,  mas em especial o Instagram

Serviço

O Instagram da entidade já está no ar! Já conhece? Clique aqui!

A campanha da CNM acontecerá até final de novembro

A Hashtag oficial será: #HistóriasNãoContadasCNM/CUT

 

Com a Palavra

TER, 20 de out / 2020

Viva o Movimento Feminista

Só a cabeça desvirtuada de uma parcela da sociedade representada por pessoas como o jogador Robinho, faz questão de não entender porque ela se nutre exatamente da desigualdade e do preconceito

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700