TER, 05 de jan / 2021

Conselho Nacional de Saúde assina carta contra mercantilização da vacina

A abertura da vacinação para clínicas privadas pode impactar negativamente o controle da pandemia, aumentar as desigualdades sociais na saúde e os riscos inerentes ao prolongamento da circulação do vírus na população

Crédito: Divulgação
Vacina Covid-19
Vacina Covid-19

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) assinou nesta terça-feira (05/01) a carta Vacinar no SUS é um direito de todas e todos e um dever do Estado. O documento foi lançado pela Frente pela Vida após o anúncio feito no domingo (03/01), pela Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas, que clínicas privadas negociam a importação de 5 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 em desenvolvimento na Índia pelo laboratório Bharat Biotech.

Para a Frente pela Vida, espaço que reúne diversas entidades em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), entre elas o Conselho Nacional de Saúde, a mercantilização da vacina não pode ser tolerada e é fundamental concentrar esforços na luta pela vacinação com equidade, que além de garantir a justiça social também é requisito para o esperado controle da pandemia.

O documento destaca que “numa sociedade como a nossa, marcada por grotescas desigualdades sociais, é moralmente inaceitável que a capacidade de pagar seja critério para acesso preferencial à vacinação contra a Covid-19. Caso isso ocorra, uma fila com base em riscos de se infectar, adoecer e morrer será desmontada. É inadmissível, portanto, permitir que pessoas com dinheiro pulem a fila de vacinação por meio da compra de vacinas em clínicas privadas”.

Diversos países em todo o mundo têm definido um modelo de prioridades para a implementação da campanha de vacinação com base em critérios epidemiológicos e de vulnerabilidade social.

“Somente o SUS, por intermédio do Programa Nacional de Imunização (PNI), poderá garantir a vacinação de toda a população brasileira com base nesses critérios. Seringas, agulhas, insumos de biossegurança e adequada logística e competência são necessárias para atingirmos este objetivo”, aponta o documento que também destaca as “consequências nefastas da venda de vacinas contra a Covid-19 por clínicas privadas”.

*matéria publicada no site susconecta

 

Com a Palavra

SEG, 18 de jan / 2021

Retomar a produção nos parques industriais com ou sem a Ford

Por Paulo Cayres, Sérgio Nobre e Vagner Freitas

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700