QUI, 29 de abr / 2021

Metalúrgicas e metalúrgicos de joinville conquistam aumento do piso salarial

Negociado pelo Sindicato dos Metalúrgicos e Metalúrgicas de Joinville, em Santa Catarina

Crédito: Metalúrgicos de Joinville - SC
Campanha Salarial
Campanha Salarial

Depois de muita luta, mobilização e resistência na porta das fábricas as metalúrgicas e os metalúrgicos de Joinville, em Santa Catarina, conquistaram, na 9° rodada de negociação data base 2021/2022, a reposição do INPC de 6,94% em parcela única a partir de 1° de abril deste ano para as trabalhadoras e os trabalhadores que recebem salários de até R$ 6.433,57. Acima deste valor fica facultado à empresa repassar o INPC, podendo aplicar um fixo de R$ 446,48.

O acordo negociado com ajuda do Sindicato também teve outra vitória: o aumento do piso da categoria que era de R$ 1.400,00 e que, a partir de 1° de abril receberá um reajuste de 7,14% passando para R$ 1.500,00.

Há ainda que se comemorar a conquista da renovação da Convenção Coletiva de Trabalho na íntegra, sem nenhum prejuízo nas cláusulas sociais para a categoria, se tornando um dos únicos sindicatos do Brasil a manter a CCT intacta após a reforma trabalhista.

A primeira proposta patronal havia sido uma afronta à categoria que vem enfrentando a pandemia com coragem e determinação para manter a produção e os lucros dos patrões. A todo este esforço os empresários, mesmo com lucros recordes no último ano, haviam oferecido o repasse da inflação em duas vezes: 4% em julho de 2021 e 2,94% em janeiro de 2022.

“Esta vitória prova que juntos podemos mais! Vamos seguir lutando porque a vitória desta batalha foi um passo importante, mas nossa luta por melhores salários e condições de trabalho e de vida é permanente. E isso só foi possível porque nosso sindicato é forte e independente graças aos seus sindicalizados. Se você ainda não se sindicalizou, procure um de nossos dirigentes ou vá até a sede do sindicato e preencha sua ficha. Não fique só, fique sócio!”, disse a entidade em nota.

 

Com a Palavra

TER, 16 de fev / 2021

Por que é necessário nacionalizar a Ford e criar uma montadora brasileira?

Escrito pelo diretor executivo do Sindicato e presidente do Industriall-Brasil, Aroaldo Oliveira da Silva, e pelo presidente da Central de Cooperativas Unisol Brasil e diretor da Unicopas, Leonardo Pinho

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700