QUI, 01 de abr / 2021

Metalúrgicos da CUT-RS aprovam pauta de reivindicações da campanha salarial

A negociação da metalurgia pode ajudar nas mesas de máquinas agrícolas e de reparação de veículos, que reivindicam o índice do INPC mais 2% de aumento real

Crédito: Divulgação
Metalúrgicos do RS
Metalúrgicos do RS

Dezenas de dirigentes sindicais de todo o estado aprovaram a pauta de reivindicações da campanha salarial dos metalúrgicos do RS. A deliberação aconteceu na manhã desta terça-feira (30), durante a plenária estadual da Federação dos Trabalhadores Metalúrgicos do RS (FTM-RS), realizada de forma virtual através do zoom.

O presidente da FTM-RS, Lírio Segalla, recordou que a Convenção Coletiva de Trabalho da metalurgia já está fechada, pois no ano passado foi negociada até 2022. “Este mês a inflação está em torno e 7%. É bastante provável que, agora em maio, tenhamos um reajuste acima desse percentual”, disse Lírio se referindo ao acordo feito no último ano, que previa o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do período com 0,5% de aumento real.

Segundo ele, a negociação da metalurgia pode ajudar nas mesas de máquinas agrícolas e de reparação de veículos, que reivindicam o índice do INPC mais 2% de aumento real. “Para que possamos chegar ao menos no mesmo patamar. E conforme o retorno das assembleias dos nossos sindicatos, também será reivindicado aumento real”, enfatizou.

Referente a mobilização característica da campanha salarial, o dirigente ressaltou que pensar nisso é importante, devido as restrições da bandeira preta por causa da pandemia, e que os sindicatos devem ter formas de viabilizar o contato com a categoria. “No processo de negociação, precisamos estar dialogando com a categoria. Por isso, a Federação está pensando numa série de lives e vídeos para informar os trabalhadores”.

A pauta de reivindicações contará também com demandas das trabalhadoras metalúrgicas como licença remunerada em caso de violência doméstica e abono para os trabalhadores que estão em home office.

A data-base da categoria é 1º de maio e a Federação representa 17 sindicatos na mesa da metalurgia, além de negociar os setores de máquinas agrícolas e reparação de veículos no estado.

A prestação de contas de 2020 e a previsão orçamentária para este ano também foram aprovadas na atividade, assim como a comissão eleitoral que acompanhará a realização do pleito na Federação.

*Matéria publicada no site da FTM-RS

 

 

Com a Palavra

TER, 16 de fev / 2021

Por que é necessário nacionalizar a Ford e criar uma montadora brasileira?

Escrito pelo diretor executivo do Sindicato e presidente do Industriall-Brasil, Aroaldo Oliveira da Silva, e pelo presidente da Central de Cooperativas Unisol Brasil e diretor da Unicopas, Leonardo Pinho

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700