QUI, 26 de nov / 2020

Metalúrgicos injetarão R$ 68 milhões na economia de Taubaté com o 13º salário

R$ 66 milhões correspondem a postos de trabalho do setor em Taubaté, perfazendo em 30,5% a contribuição da categoria no 13º no município

Até o final de dezembro de 2020, o pagamento do 13º salário aos 13.825 metalúrgicos, representados pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região (Sindmetau), injetará aproximadamente R$ 68 bilhões na economia da região.

No munícipio, mais de 77 mil trabalhadores com carteira assinada deverão fazer jus ao recebimento do 13º salário. Esse item da renumeração deverá injetar na localidade um total de R$ 222,3 milhões.

Dos R$ 68 milhões obtidos pela categoria metalúrgica, R$ 66 milhões correspondem a postos de trabalho do setor em Taubaté, perfazendo em 30,5% a contribuição da categoria no 13º no município.

O estudo, elaborado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, levou em conta dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), ambos do Ministério da Economia, portanto estão considerados apenas os metalúrgicos do mercado formal de trabalho.

Para obter o número total de trabalhadores metalúrgicos foi utilizada a RAIS 2019 complementada com os dados do CAGED de janeiro a setembro de 2019. Para o cálculo da remuneração média utilizou-se a RAIS 2019, atualizada pela variação média do INPC.

Também não foi considerado, por este estudo, o adiantamento da primeira parcela do 13º salário ao longo do ano, uma vez que quantidade indeterminada de trabalhadores recebe parcialmente o pagamento do 13º no momento em que tiram férias. O mesmo se aplica aos casos em que há o adiantamento da primeira parcela em outro período, definido, por exemplo, em Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) ou Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Acordos

Segundo dados do Ministério da Economia, entre abril e novembro de 2020, foram celebrados cerca de 19,1 milhões de acordos (individuais e coletivos). Os acordos de suspensão de contrato foram os mais frequentes: 9,3 milhões, atingindo cerca de 5,4 milhões de trabalhadores (55,4% do total).

Os dados disponíveis, contudo, não permitem a incorporação precisa de tais impactos no cálculo do 13º. Pelos mesmos motivos, este levantamento do Dieese não fará comparações com os dados divulgados em 2019.

 

Com a Palavra

QUA, 27 de jan / 2021

Caso Ford e o descaso com a política industrial: saídas para a reconversão industrial

Por Allan Yukio Hayama, Engenheiro na Ford em Camaçari e dirigente do Sindicato dos Engenheiros na Bahia

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700