TER, 17 de nov / 2020

Metalúrgicos no Estaleiro Jurong no ES conquistam avanços na negociação e encerram greve

Para o Sindimetal-ES, essa foi uma das lutas mais vitoriosas dos metalúrgicos do EJA nos últimos anos, haja vista o cenário atual, em que as classes empresarial e política estão alinhadas para derrubar os trabalhadores e retirar todos os direitos já conquistados

Crédito: Divulgação
Metalúrgicos no EJA
Metalúrgicos no EJA

Na manhã desta terça-feira (17), os metalúrgicos que prestam serviços no Estaleiro Jurong Aracruz (EJA) encerraram a greve, que teve início no dia 26 de outubro, após aprovarem a proposta para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Os companheiros, que bravamente lutaram durante 23 dias de paralisação por melhores condições de trabalho e de vida, conquistaram, através da negociação feita pelo Sindimetal-ES, reajuste de quase 13% no valor do cartão alimentação, abono de todas as horas paradas em virtude da greve, adiantamento de salário e do cartão alimentação até a próxima sexta-feira (20) e a manutenção das demais cláusulas da atual CCT.

O reajuste sobre os salários será o mesmo acordado com o Sindifer (Sindicato Patronal) ao final da negociação, e o Sindimetal-ES acredita que seja, no mínimo, a reposição da inflação do período (4,77%).

Os avanços que os metalúrgicos prestadores de serviços no EJA tiveram são muito significativos, sobretudo por causa das dificuldades e das péssimas condições de trabalho que os companheiros enfrentam dia-a-dia no estaleiro.

Além disso, eles superam a proposta do Sindifer, que se mantém irredutível em avançar e insiste na proposta medíocre de apenas 1% de reajuste sobre todas as cláusulas econômicas, frente a uma inflação de 4,77% (INPC), a retirada ou alteração de 13 cláusulas da CCT e o desconto nos salários de todos os dias que os metalúrgicos estiveram parados em decorrência da greve.

Para o Sindimetal-ES, essa foi uma das lutas mais vitoriosas dos metalúrgicos do EJA nos últimos anos, haja vista o cenário atual, em que as classes empresarial e política estão alinhadas para derrubar os trabalhadores e retirar todos os direitos já conquistados.

“Garantir a manutenção de todas as cláusulas da nossa CCT, por si só, já seria uma vitória no momento em que estamos sofrendo golpe atrás de golpe para enfraquecer a classe trabalhadora e a luta sindical. Mas ter abonadas todas as horas paradas e conseguir quase 13% de reajuste no cartão alimentação, com a projeção de ainda recuperar, no reajuste de salários, as perdas inflacionárias que tivemos no ano é uma grande conquista que deve ser comemorada de cabeça erguida por todos os companheiros”, lembra o diretor do Sindimetal-ES, Roberto Pereira.

O Sindimetal-ES parabeniza aos valentes metalúrgicos que não se intimidaram diante de tantas dificuldades, ameaças, pressão, mas que com coragem, união, mobilização e disposição permaneceram na luta em defesa da categoria.

Nossa união nos fortes! Sindicalize-se e fortaleça ainda mais a luta dos metalúrgicos. Acesse o link da sindicalização e preencha a ficha de sindicalização. É fácil e rápido.

*matéria publicada no site do Sindimetal-ES

 

Com a Palavra

TER, 20 de out / 2020

Viva o Movimento Feminista

Só a cabeça desvirtuada de uma parcela da sociedade representada por pessoas como o jogador Robinho, faz questão de não entender porque ela se nutre exatamente da desigualdade e do preconceito

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700