SEG, 30 de nov / 2020

O maior crime industrial da história será tema do documentário “Bhopal 84”

Filme produzido pelo Brasil de Fato, sobre a tragédia que já fez 600 mil vítimas na Índia, estreia nesta quinta (3)

Crédito: Divulgação
Crime industrial
Crime industrial

Em 3 de dezembro de 1984, 27 toneladas do gás isocianato de metila vazaram de uma fábrica de agrotóxicos da empresa estadunidense Union Carbide na cidade de Bhopal, na Índia, matando imediatamente cerca de 2,2 mil pessoas e gerando aproximadamente 600 mil vítimas, segundo a Campanha Internacional por Justiça em Bhopal.

Este é o tema do documentário Bhopal 84, que será lançado nesta quinta-feira (3), às 19h, no canal de Youtube do Brasil de Fato, e vai contar a história do maior crime industrial da história.

O trabalho é resultado da imersão dos jornalistas Daniel Giovanaz e Poliana Dallabrida na Índia, onde passaram cinco meses este ano. Em quase 26 minutos, a produção reúne depoimentos de vítimas, médicos, voluntários e moradores da região, 36 anos após a tragédia que, embora não seja mais tão discutida, faz parte da história da cidade, como pontua Poliana.

“Tem um monumento em memória das vítimas, mas não tem mais sentido para as pessoas que moram em volta do local ou que moram em volta do único museu que tem na cidade sobre o desastre. O museu é pequeno e está em mau estado de conservação. O documentário é importante para registrar os depoimentos atuais dessas pessoas, para que isso não fique só no passado e que essa história seja lembrada novamente, porque se depender das empresas e do Estado indiano isso já ficou para trás”, explicou a jornalista.

De acordo com Daniel, o documentário não apenas faz um percurso histórico dos últimos anos sobre Bhopal, como também aborda a falta de rigor técnico, de segurança e de responsabilização sobre o caso por parte da empresa estadunidense Union Carbide, posteriormente comprada pela Dow Chemical, também dos EUA.

“É o chamado ‘racismo ambiental’: para a empresa, a vida daqueles trabalhadores indianos, extremamente precarizados, vale menos do que a vida dos seus trabalhadores dentro do seu próprio país. Isso faz a gente pensar nas estratégias corporativas usadas por essas corporações para lucrar, menosprezando a vida dos trabalhadores”, disse o jornalista.

Coordenador de Projetos Especiais do Brasil de Fato, José Bruno Lima foi também um dos roteiristas de Bhopal 84 e lembra que o crime, embora seja o maior em sua categoria na história e marque o Dia Mundial de Combate ao Uso de Agrotóxico, ainda é pouco conhecido pela mídia e pela população. “Há poucos registros, mesmo jornalísticos, do ocorrido e, principalmente, das suas consequências ainda hoje”.

“A pauta do combate aos agrotóxicos é uma das mais importantes dentro da linha editorial do Brasil de Fato. Apresentar aos nossos leitores a dimensão do ocorrido na Índia ajudará na compreensão do impacto destrutivo e nocivo desses produtos químicos na saúde pública e no meio ambiente, além de possibilitar lembrar de diversos outros crimes dessa natureza que já aconteceram também aqui no Brasil”, acrescentou o José Bruno.

Ficha técnica

Tempo: 27 minutos

Estreia: 03/12, quinta-feira, às 19h

Por onde assistir: YouTube, Instagram e Facebook do Brasil de Fato

Concepção, entrevistas, roteiro e câmera: Daniel Giovanaz e Poliana Dallabrida

Edição: Leonardo Rodrigues

Animação gráfica: Jorge Gabriel Mendes

Arte: Candido Vinícius

Ilustrações: Fernando Bertolo

Edição: Rebeca Cavalcante

*matéria publicada no site do Brasil de Fato

 

Com a Palavra

QUA, 27 de jan / 2021

Caso Ford e o descaso com a política industrial: saídas para a reconversão industrial

Por Allan Yukio Hayama, Engenheiro na Ford em Camaçari e dirigente do Sindicato dos Engenheiros na Bahia

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700