SEG, 26 de out / 2020

Samsung nega direito à creche para filhos e filhas de trabalhadores

Os trabalhadores amazonenses merecem consideração, e, os empresários precisam respeitar a Convenção Coletiva de Trabalho dos Metalúrgicos do Amazonas, ressalta sindicato

Toda empresa com pelo menos 30 empregadas com idade acima de 16 anos é obrigada a manter local onde as mães possam deixar seus filhos até 6 meses de idade. A proteção à maternidade é um direito constitucionalmente garantido às trabalhadoras e a existência de uma creche custeada pela empresa ou o pagamento do auxílio-creche é um dever do empregador.

E na Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2022 Metalúrgica do Amazonas, o item, creche, é tratado na Cláusula Quadragésima Nona. Com a chegada do vice-presidente da Samsung que veio para Manaus com a finalidade de ‘sugar’ trabalhadores amazonenses, esta é uma das denúncias que o Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas recebeu sobre o que está acontecendo na Samsung, onde estão negando o direito à creche para as crianças.

Registramos nossa indignação com a atitude desses gestores que chegam ao Brasil, e em nosso estado, implantando trabalho escravo, através de uma empresa que fatura anualmente 5 bilhões de dólares e quer negar o direito adquirido das creches para as crianças, filhos e filhas de nossos trabalhadores amazonenses.

Recentemente o Sindmetal-AM recebeu inúmeras denúncias sobre o tratamento desumano aos nossos trabalhadores pelos gestores do Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia.

Os trabalhadores amazonenses merecem consideração, e, os empresários precisam respeitar a Convenção Coletiva de Trabalho dos Metalúrgicos do Amazonas que constituem direitos históricos conquistados com a luta e a organização da categoria.

Ao tomar conhecimento destes fatos, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas, Valdemir Santana, manifestou seu absoluto repúdio às atitudes do vice-presidente da empresa Samsung, e que levará estas denúncias ao Ministério Público do Trabalho.

*matéria publicada no site do sindicato

 

Com a Palavra

TER, 20 de out / 2020

Viva o Movimento Feminista

Só a cabeça desvirtuada de uma parcela da sociedade representada por pessoas como o jogador Robinho, faz questão de não entender porque ela se nutre exatamente da desigualdade e do preconceito

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700