QUI, 25 de fev / 2021

Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté apresenta resultados de reunião com executivos da Ford aos trabalhadores

A reunião do Sindicato com os diretores mundiais do Ford foi um dos pontos do acordo firmado entre as partes no TRT

Crédito: Arquivo Sindmetau
Arquivo: Foto assembleia trabalhadores
Arquivo: Foto assembleia trabalhadores

Os trabalhadores e trabalhadoras na Ford Taubaté participam nesta sexta-feira (26) de uma nova assembleia na fábrica, marcada para 8h. Na oportunidade, o Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região (Sindmetau) apresentará os resultados da reunião com a direção mundial da Ford.

A reunião, realizada nesta quinta-feira (25) por videoconferência, contou com a participação de representantes do Sindmetau, gestores locais da Ford e dois executivos globais da montadora, Kevin Legel, (vice-presidente de manufatura e relações trabalhistas) e John Savona (vice-presidente de relações trabalhistas).

"Estamos convocando todos os trabalhadores e trabalhadoras para uma assembleia onde vamos dividir o resultado dessa reunião e tirar nossos próximos encaminhamentos", explicou o presidente do Sindmetau, Claudio Batista, o Claudião. Confira a fala do presidente do Sindicato logo após o término da reunião: https://youtu.be/KhQWWAOzjjI

Acordo

A reunião do Sindicato com os diretores mundiais do Ford foi um dos pontos do acordo firmado entre as partes no TRT (Tribunal Regional do Trabalho). O acordo também garantiu a manutenção dos empregos, salários e benefícios dos 830 trabalhadores da unidade até o fim das negociações.

Outro ponto desse acordo foi o retorno da produção na fábrica, que ocorreu na última segunda-feira (22), com cerca de 130 funcionários. Até 330 trabalhadores devem ser convocados, de forma escalonada, ao longo desta semana. Quem não for chamado irá continuar em LR (licença remunerada), com salários e benefícios garantidos. A Ford está produzindo peças de reposição para o mercado.

Também na última segunda-feira o TRT manteve uma liminar que proíbe a Ford de realizar demissões em massa em Taubaté. O Tribunal sustentou ainda outros pontos da decisão de primeira instância obtida pelo MPT (Ministério Público do Trabalho). Entre eles, a obrigatoriedade do pagamento dos salários e licenças. A empresa segue proibida de apresentar propostas individuais aos trabalhadores e de praticar assédio moral ou negocial.

Impactos

No dia 11 de janeiro, a Ford anunciou que pretende encerrar a produção de veículos no Brasil. A decisão unilateral da montadora põe em risco o futuro de trabalhadores das plantas de Taubaté (SP), Camaçari (BA) e Horizonte (CE).

A saída da empresa do país pode provocar um impacto de mais de 118 mil empregos, entre postos de trabalho diretos, indiretos e induzidos, segundo estudo do (Dieese Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

*matéria publicada no site do Sindmetau

 

Com a Palavra

TER, 16 de fev / 2021

Por que é necessário nacionalizar a Ford e criar uma montadora brasileira?

Escrito pelo diretor executivo do Sindicato e presidente do Industriall-Brasil, Aroaldo Oliveira da Silva, e pelo presidente da Central de Cooperativas Unisol Brasil e diretor da Unicopas, Leonardo Pinho

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700