QUI, 11 de fev / 2021

Sindicato dos metalúrgicos integra frente pela Vacina Já em Taubaté e Região

A cidade já chegou a ter 100% dos leitos para COVID ocupados e mantém altas taxas de internação

Crédito: Sindmetau
Campanha Sindmetau
Campanha Sindmetau

O Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região (Sindmetau) está integrando uma frente nacional de centrais sindicais e sindicatos em defesa da vacinação imediata e para todos. A mobilização se faz necessária por conta da omissão e morosidade do Governo Federal na imunização ampla da população.

“A vacina é a única maneira de protegermos as vidas e de conseguirmos ter uma retomada na atividade econômica. A vacina protege as vidas, os empregos e a renda dos trabalhadores. Não podemos tolerar que o negacionismo do governo federal coloque mais vidas em risco”, afirma o secretário-geral do Sindmetau, Aldrey Cândido, o Piu.

Em Taubaté pouco mais de 9 mil pessoas foram imunizadas. Mais 4 mil doses devem ser aplicadas nesta semana, segundo a Prefeitura. A cidade já chegou a ter 100% dos leitos para COVID ocupados e mantém altas taxas de internação.

Mais de 250 pessoas já morreram desde o início da pandemia em Taubaté. Em todo o país, mais de 226 mil pessoas já perderam a vida para o coronavírus.

Centrais sindicais

Além da campanha em defesa da vacina, as centrais sindicais também têm tomado ações para ajudar concretamente na imunização e no combate às omissões do governo. Dias após fechar acordo histórico com o governo venezuelano para o fornecimento de oxigênio hospitalar a Manaus, capital do Amazonas, CUT, Força, UGT, CTB, CSB e NCST se reuniram com a direção da Federação Nacional dos Sindicatos da China (ACFTU – All-China Federation of Trade Unions).

As centrais apelaram à entidade sindical chinesa para interceder junto ao governo central da China e abrir caminhos para que o movimento sindical brasileiro consiga insumos para produção de vacina anti-Covid-19 e ajuda humanitária à população da Região Norte do Brasil, que, além da pandemia, enfrenta a falta de oxigênio hospitalar.

A China tem o insumo essencial à produção da vacina, mas as relações diplomáticas com o Brasil ruíram em consequência dos ataques e chacotas de Jair Bolsonaro e do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

Os sindicalistas chineses comprometeram-se a intermediar o diálogo entre as centrais brasileiras e o governo chinês. O vice-presidente nacional da CUT, Vagner Freitas, e o secretário de Relações Internacionais, Antonio Lisboa, participaram da reunião e agradeceram a disponibilidade e o compromisso firmado pelos sindicalistas chineses.

“Temos um enorme respeito pela China, seu povo, sua cultura e seu movimento sindical. Que nesse momento nós tenhamos cada vez mais solidariedade de classe para combater esse vírus tão grave que já tirou a vida de milhões de trabalhadores no mundo. Quero também, em nome do povo brasileiro, pedir desculpas pelas agressões do governo Bolsonaro ao povo chinês. Entre nós prevalecerá sempre a solidariedade e o respeito”, disse Vagner Freitas.

*matéria publicada no site do Sindmetau

 

Com a Palavra

TER, 16 de fev / 2021

Por que é necessário nacionalizar a Ford e criar uma montadora brasileira?

Escrito pelo diretor executivo do Sindicato e presidente do Industriall-Brasil, Aroaldo Oliveira da Silva, e pelo presidente da Central de Cooperativas Unisol Brasil e diretor da Unicopas, Leonardo Pinho

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700