TER, 30 de mar / 2021

Tenaris Confab, em Pindamonhangaba, mantém PLR e paga a primeira parcela

Fábrica tem conseguido manter produção e 700 trabalhadores vão receber pagamento nesta terça-feira

Crédito: Divulgação
Tenaris Confab
Tenaris Confab 

Nesta terça-feira, dia 30, os trabalhadores da Tenaris Confab, em Pindamonhangaba, irão receber a primeira parcela da PLR (Participação nos Lucros e Resultados), que irá injetar cerca de R$ 650 mil na economia.

O pagamento envolve em torno de 700 funcionários horistas das unidades Tubos e Equipamentos, que incluem os setores de Hastes de Bombeio (TCHB), Exiros e Confab Montagem (COML Matriz). Cada trabalhador receberá uma parcela fixa de 0,20 salário referente à PR, que é uma parte da PLR.

Na segunda parcela, em outubro, é paga outra PR, que pode variar de 0,10 a 0,30 salário, conforme avaliação de performance, e também o valor com base na produtividade e no lucro da empresa.

Os funcionários mensalistas seguem outro programa de PLR.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Luciano Tremembé, a empresa tem mantido produção.

“Ano passado a gente teve uma discussão muito dura, pra segurar empregos na Tubos, com produção muito baixa. Esse ano estamos vendo a produção melhor. Tem áreas inclusive com hora-extra. Por mais que a gente saiba que são pedidos pontuais, que seria importante ter aquela carteira de pedidos com demanda no longo prazo, a gente vê que a fábrica está conseguindo se manter. Vai pagar a PR que é algo que os trabalhadores conquistaram muitos anos atrás”, disse.

Ele também comentou a implantação da avaliação de performance no pagamento da PR.

“Eu particularmente não concordo. Eles criaram a possibilidade de atingir o 0,30 salário, mas na prática isso acabou prejudicando muitos trabalhadores. Acho que precisa ser melhor discutido com a comissão”, disse.

De acordo com Vicente Caetano – Serrinha, dirigente sindical eleito pelos trabalhadores para compor a comissão de PLR, a unidade Equipamentos segue com boa produção, fez contratações, hoje ela está com 450 funcionários, incluindo horistas e mensalistas.

“A princípio, a fábrica não queria pagar essa PR porque alegava que pretende implantar um novo modelo. A Comissão foi firme junto com o sindicato nessa questão, pra manter esse pagamento e discutir isso com profundidade ao longo do ano”, disse Serrinha.

A Comissão de PLR também tem a participação de um representante do sindicato na discussão, que é o dirigente Gilson Leandro, secretário de Comunicação da entidade.

*matéria publicada no site sindmetalpinda

 

Com a Palavra

TER, 16 de fev / 2021

Por que é necessário nacionalizar a Ford e criar uma montadora brasileira?

Escrito pelo diretor executivo do Sindicato e presidente do Industriall-Brasil, Aroaldo Oliveira da Silva, e pelo presidente da Central de Cooperativas Unisol Brasil e diretor da Unicopas, Leonardo Pinho

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700