QUA, 03 de mar / 2021

Toyota Etios deixará de ser produzido no Brasil, mas empresa permanece e sindicato garante empregos

Segundo o presidente do SMetal, produção continua na planta de Sorocaba para exportação do veículo a países vizinhos, como Argentina, Peru, Uruguai e Paraguai

Crédito: Divulgação
Presidente do SMetal e representantes da Toyota
Presidente do SMetal e representantes da Toyota

A montadora Toyota anunciou na tarde da última terça-feira, 2, que o carro Etios deixará de ser produzido para vendas no mercado brasileiro. A produção segue na planta em Sorocaba, mas apenas para exportação aos países vizinhos, como Argentina, Peru, Uruguai e Paraguai.

Desde quando começou a ser vendido, em 2012, o Etios já teve mais de 620 mil unidades produzidas no Brasil nas versões hatch e sedã. A aposta da Toyota agora é o novo Corolla Cross – que será lançado no mercado brasileiro no dia 11 de março.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), Leandro Soares, recorda que os empregos que serão mantidos estão diretamente atrelados à atuação do SMetal. “Em 2019 fomos atrás de novos investimentos, sempre com o objetivo de garantir emprego e renda para a população. À época, a empresa anunciou que destinaria mais de R$ 1 bilhão de reais ao parque industrial de Sorocaba para a implantação da plataforma TNGA”, recorda Leandro.

Em julho de 2019, o SMetal entregou um requerimento ao CEO da Toyota da América Latina e Caribe solicitando a implantação da plataforma global da empresa, que permite a fabricação de diversos veículo da montadora. Desde então, todas as adaptações necessárias na linha de produção já foram feitas e 180 contratações por prazo determinado também foram realizadas.

Além disso, um acordo negociado em janeiro deste ano entre Sindicato e empresa permitiu a abertura de mais 40 vagas, totalizando 220 trabalhadores a mais na planta para produzir o Corolla Cross.

Rodrigo Manga pega carona na luta sindical

Em entrevista recente, o atual prefeito Rodrigo Manga resgatou – como se fosse novidade – a notícia do investimento bilionário e das contratações extras realizadas pela Toyota. Na ocasião, ele tentou pegar carona na luta do Sindicato pela plataforma TNGA, se apropriando da pauta com finalidade eleitoreira.

Apesar da sua tentativa de usurpar uma negociação que foi realizada pelo Sindicato, a memória coletiva não perdoa. Enquanto o presidente do SMetal, Leandro Soares, e o secretário-geral, Silvio Ferreira, estavam no Japão criando diálogos para possibilitar investimentos, desenvolvimento tecnológico e renda para a Sorocaba, Manga passeava por Orlando (Estados Unidos).

Relembre a atuação do Sindicato dos Metalúrgicos pelos investimentos da Toyota clicando aqui.

Com a Palavra

TER, 16 de fev / 2021

Por que é necessário nacionalizar a Ford e criar uma montadora brasileira?

Escrito pelo diretor executivo do Sindicato e presidente do Industriall-Brasil, Aroaldo Oliveira da Silva, e pelo presidente da Central de Cooperativas Unisol Brasil e diretor da Unicopas, Leonardo Pinho

Entidades e Empresas

Entidades

Notícias sobre entidades filiadas e parceiras da CNM/CUT:

Empresas

Informações sobre as empresas em que a CNM/CUT constrói uma organização nacional dos trabalhadores:

CNM/CUT por e-mail

Receba informações da CNM/CUT diretamente em seu e-mail:

Enviando...
Email cadastrado com sucesso!

Redes e blogs

Cálculos

Calcule reajustes salariais e o tempo que falta para sua aposentadoria:

Publicações

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022

383 - ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL APROVA PROPOSTA DE REAJUSTE | Cláusulas Sociais estão renovadas até 2022 - Edição Nº SET/2020
25 de set / 2020

CNM/CUT - Confederação Nacional dos Metalúrgicos
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP (55) 11 4122-7700 cnmcut@cnmcut.org.br
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - CEP: 09726-150 - São Bernardo do Campo - SP

Saiba como chegar a CNM/CUT


(55) 11 4122-7700